Em reunião com ciclistas integrantes do GT Pedala BH, Paulo Lamac, vice-prefeito eleito, e Maria Calda, futura Secretária Municipal de Serviços Urbanos, conheceram os avanços e desafios da política municipal de mobilidade urbana por bicicleta da capital mineira e reafirmaram a importância de uma gestão compartilhada entre sociedade civil e poder público.

Com a mudança do governo municipal e a necessidade de dar continuidade ao desenvolvimento de uma Belo Horizonte mais amiga de quem pedala, ciclistas, técnicos da prefeitura e outros integrantes do Grupo de Trabalho Pelada BH se reuniram na noite de quarta-feira, 14, na Casa do Jornalista, com dois membros da nova composição do poder executivo municipal para apresentar as demandas e o balanço dos últimos oito anos do Programa Pedala BH. Também entrou na pauta as expectativas para os próximos quatro anos em termos de ações, campanhas e medidas que darão norte às políticas públicas com foco na mobilidade ativa em Belo Horizonte. A reunião contou com a presença do vice-prefeito eleito, Paulo Lamac, que durante a campanha eleitoral se comprometeu a melhorar e ampliar a estrutura cicloviária na cidade até alcançar, em 2020, os 411 km previstos no Plano de Mobilidade Urbana da cidade.

A reunião começou com uma apresentação histórica tanto do programa Pedala BH quanto do GT Pedala BH feita pela Superintendente de Desenvolvimento de Projetos e Educação, Eveline Trevisan. Eveline fez um resumo da atuação do grupo em desenvolver e aplicar medidas concretas para a mobilidade ativa nos últimos anos. 

Os mais de 25 ciclistas presentes pontuaram suas perspectivas sobre o que se tem hoje na cidade e o que se deveria ter para que pedalar em Belo Horizonte seja mais atrativo para novos ciclistas e mais confortável e seguro tanto para quem já pedala quanto para quem quer fazê-lo.

Foto: Gil Sotero

Foto: Gil Sotero

Guilherme Tampieri, integrante da associação, destacou como o trabalho em rede tem aumentado o número de ciclistas na capital mineira e fortalecido a cultura da bicicleta. “Esse ano de 2016 foi positivamente bem movimentado, com uma enorme quantidade de eventos e atividades ligadas à promoção da bicicleta como modo de transporte em nossa cidade, bem como campanhas e projetos que têm por fim fomentar a mobilidade ativa na capital mineira, declarou Tampieri.

O vice-prefeito Paulo Lamac, acompanhado de Maria Caldas, chegou um pouco atrasado à reunião, mas reconheceu a necessidade de uma nova politica de mobilidade que favoreça a bicicleta na cidade. “Para chegar até aqui, ficamos presos no trânsito. Se tivéssemos vindo de bicicleta, teríamos chegado mais rápido”, declarou Lamac. Ao assistirem a apresentação dos trabalhos do GT Pedala BH, tanto o vice-prefeito quanto a futura Secretária ficaram surpresos com a organização e a atuação do grupo. “A apresentação do grupo tirou muitas dúvidas minhas a respeito do que foi feito na cidade nos últimos anos”, declarou Paulo Lamac.  Já a secretária elogiou o empenho dos diversos integrantes do GT. “Aqui temos um exemplo do que há de mais moderno e arrojado em participação e cooperação entre governo e sociedade civil para solucionar problemas que afetam os ciclistas da cidade”, declarou Maria Cladas que assumirá  Secretaria de Serviços Urbanos, entidade que provavelmente coordenará a BHTRANS no governo Kalil. 

Ao final do encontro os representantes do executivo reiteraram a necessidade de manter e melhorar o GT Pedala BH e a sua interlocução com o executivo para trabalhar pela execução dos 411 km prometidos duranta a campanha, das Zonas 30, da execução de campanhas educativas e outras tantas medidas.

Sobre o GT Pedala BH

O GT Pedala BH é um grupo aberto e sem líderes que serve de espaço para o diálogo entre poder público (PBH/BHTrans) e cidadãos interessados em fomentar o uso da bicicleta na cidade como meio de transporte.

Como acompanhar e participar:
Reuniões ordinárias:  acontecem sempre na primeira quarta-feira do mês, às 18h, na Fundação Municipal de Cultura – Sala Sociedade Civil – Rua da Bahia, 888 – 2º andar. Há espaço para deixar sua bicicleta no térreo do prédio, basta levar um cadeado.
Reuniões extraordinárias podem acontecer a qualquer dia e sempre são divulgadas no site www.bhemciclo.org  e no Facebook da Associação.
Discussões por e-mail: Acompanhe pela página ou receba em seu e-mail. Inscreva-se no grupo: gtpedalabh+subscribe@googlegroups.com
Veja as atas das reuniões: http://goo.gl/atkeXY
Veja os arquivos de projetos: http://goo.gl/ltmTJ.