Depois de 92 dias, finalmente o Prefeito Márcio Lacerda se posicionou a respeito da carta que a BH em Ciclo lhe enviou em 06 de junho (que pode ser lida aqui).

Em sua resposta (que pode ser conferida aqui), entre outras coisas, o Prefeito reconheceu a legitimidade das demandas defendidas pela BH em Ciclo e apresentou suas justificativas para a distância entre o executado e o que foi prometido. Além disso, indicou que:

1) implantará mais 19 quilômetros de novas ciclovias,
2) realizará a manutenção de outros 10 quilômetros; e
3) implementará o projeto piloto das Zonas 30.

O Prefeito também prometeu instalar os 400 paraciclos doados à PBH pela iniciativa privada (a BH em Ciclo está auxiliando a BHTrans na definição dos locais e eles já estão sendo instalados) e mencionou reunião com a Serttel, empresa responsável pelo sistema de bicicletas compartilhadas de BH, o Bike BH, para cobrar melhorias na gestão do sistema.

Uma observação: na carta, o Prefeito menciona que o Bike BH deveria ter 360 bicicletas circulando pela cidade. No entanto, pelo contrato assinado pela BHTrans, são 380!

Mais uma observação: na carta, foi mencionada a crise financeira e a retenção de um recurso que deveria vir do Governo Federal como justificativa para a não implementação de 150km de ciclovias. Vale ressaltar que quando os, inicialmente*, 380km foram projetados, não havia recursos federais orçados para a respectiva implantação. *atualmente, a malha cicloviária total prevista para BH é de 411km.

Ficamos satisfeitas por, finalmente, termos sido formalmente respondidas? SIM.
Ficamos satisfeitas com as justificativas dadas? NÃO.
Ficamos satisfeitas com o reconhecimento à atuação da BH em Ciclo e de que as demandas dos ciclistas são relevantes, úteis para a cidade e urgentes? SIM
Ficamos satisfeitas com palavras num papel? NÃO!

Faltam pouco menos de 4 meses para o fim deste mandato e agora temos mais algumas coisas para cobrar. E cobraremos. Contamos com o apoio das associadas e associados e de toda a comunidade de ciclistas da cidade para que o Prefeito não se esqueça do que, novamente, prometeu.