Agende-se:

Concentração: Praça da Liberdade – 19h30min
Horário de saída: 20h
2º Local de encontro: Eddie Burguer (encontro com o grupo Le Vélo)
Horário de saída: 20h30min

Marque sua presença no evento no Facebook

Imagem retirada do site do Mountain Bike BH

Imagem retirada do site do Mountain Bike BH

Por: Vinícius Mundim Zucheratto e Figueiredo

Para lembrar RubensNixon e todos os mais de 50 ciclistas envolvidos mensalmente em acidentes de trânsito em Belo Horizonte.

Desde 2008, Belo Horizonte se junta a muitas outras cidades pelo mundo, para celebrar a memória dos ciclistas que foram mortos e os que sobreviveram a acidentes de trânsito, no Pedal do Silêncio (Ride of Silence). A manifestação acontece sempre na 3a quarta-feira de maio, em 2013 será a 10ª edição mundial, que  terá eventos em todos os continentes, até na Antártida.

Convocamos os ciclistas a pedalar de branco, e em silêncio, pelas ruas da capital mineira.

Haverá uma parada em frente à PBH, para marcar a ineficiência e a lentidão da Prefeitura em dar continuidade às obras do Pedala BH. A prefeitura não destina nenhum centavo em campanhas educativas para promover o respeito entre motoristas e ciclistas, além de não promover cursos de reciclagem para taxistas e motoristas de ônibus, “supervisionados” pela BHTrans, e que deveriam ser os motoristas mais bem preparados em nossas ruas.

Em 2009, ciclistas entregaram manifesto solicitando a inclusão de ciclovias nas grandes avenidas de Belo Horizonte, como a Antônio Carlos, e nada foi feito. As mortes e ferimentos continuam entrando para as estatísticas, sem atenção devida da PBH.

Recomendações:

– use camiseta branca com uma tarja preta em um dos braços (pode ser qualquer pedaço de pano preto)
– não ultrapasse a velocidade de 20 km/h
– pedale o mais silenciosamente possível
– zelar pela própria segurança, como se estivesse pedalando sozinho

Lembrem-se das regras de sempre:

– Manter a bicicleta e equipamentos de segurança em dia (luvas, refletivos, roupas claras, capacete)
– Não pedalar pelo passeio,
 nem pela contramão
– Não fechar cruzamentos 
(ciclistas DEVEM respeitar as leis de trânsito).

Exiba a sua mensagem, com uma placa na sua bicicleta. Sugestões aqui.

Vídeo sobre a edição 2012, cortesia do Vinícius Túlio